LEVANTAMENTO RETROSPECTIVO DAS AFECÇÕES ORAIS DOS FELINOS ATENDIDOS NO HOSPITAL VETERINÁRIO/ UFG DURANTE O PERÍODO DE JANEIRO DE 2010 A JULHO DE 2018.

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Medicina Veterinária

Acessos neste artigo: 7


Certificado de participação:
Certificado de Márgella Abreu Neves

Certificado de publicação:
Certificado de Márgella Abreu Neves

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Márgella Abreu Neves , Natânia Carvalho Silva , Patrícia Lorena Da Silva Neves Guimarães

ABSTRACT
Este levantamento foi feito com base nos prontuários clínicos do serviço odontológico da Universidade Federal de Goiás (UFG), entre janeiro de 2010 a julho de 2018, com o objetivo de classificar e quantificar cada afecção oral nos felinos atendidos. Foram atendidos nesse período 90 gatos, porém, 17 não se tratavam de problemas odontológicos. Foram considerados dados coletados na anamnese sobre dificuldade em se alimentar, acesso à rua, vacinação, sinais clínicos, sexo e raça de 73 felinos atendidos nesse período. A frequência observada de diagnósticos foi de 28,77% com complexo gengivite-estomatite-faringite felina, 21,91% como gengivite, 16,44% periodontite, 10,96% fratura dentária, 6,85% reabsorção odontoclástica, 2,74% de reabsorção odontoclástica com gengivite, 2,74% de complexo gengivite- estomatite- faringite felina com reabsorção odontoclástica e também 2,74% de complexo gengivite-estomatite-faringite felina com periodontite. A fratura com periodontite ocorreu em 1,37% dos casos, o diagnóstico de granuloma foi dado em 1,37% e pulpite e mobilidade dentária ocorreu em 1,37% dos casos atendidos.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Excelente levantamento que serve de base para estabelecer frequência de sintomas e causas de dor, diagnostico e tratamento em gatos!

Tema relevante, com escrita clara e de fácil compreensão.

Foto do Usuário Ariane Conceição Melhor 09-02-2021 12:50:35

O artigo foi bem elaborado e apresenta importante relevância para a rotina clínica e cirúrgica na medicina veterinária. O trabalho poderia abordar os índices de resolução das patologias.

Foto do Usuário Rafaela Cabral De Souza 09-02-2021 12:50:35

Artigo bem elaborado, com fácil assimilação de conteúdo, o qual é muito interessante e atual. Contudo, poderia trazer referências mais atuais.