artigos
Convibra Conference - Óbitos Maternos, Infantis e Fetais no Brasil: Estudo Comparativo Entre as Regiões Sul, Sudeste e Nordeste
Óbitos Maternos, Infantis e Fetais no Brasil: Estudo Comparativo Entre as Regiões Sul, Sudeste e Nordeste

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Indicadores Sociais de saúde

Temas Correlatos: Saúde da Criança e do Adolescente;

Acessos neste artigo: 77


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Itamara Aparecida Marcelina Da Silva , Vanessa Mara De Gouvêa

ABSTRACT
As taxas de mortalidade materna, infantil e fetal, são importantes indicadores do serviço de saúde de um país, refletindo o seu desenvolvimento, sendo que várias ações têm sido tomadas visando a diminuição dessas taxas. O Sistema de Informações sobre Mortalidade é uma base de dados que visa construir variáveis da mortalidade brasileira de forma concreta, possibilitando identificar questões epidemiológicas relevantes. Este trabalho tem como objetivo estabelecer comparação entre o número de óbitos ocorridos nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil. Os dados públicos oficiais foram coletados na plataforma DATASUS, do Ministério da Saúde do período de janeiro a dezembro de 2018, sendo feita uma análise comparativa dos dados. Realizou-se a conversão dos resultados para números de óbitos a cada 100 mil habitantes, realizou-se o levantamento das cinco causas de mortalidade mais frequentes nas regiões em cada categoria analisada. Para todas categorias de mortalidade estudadas, a região nordeste esteve em primeiro lugar no número de óbitos por cem mil habitantes, o sudeste ocupou a segunda e o sul a terceira posição. Conclui-se que, as condições socioeconômicas têm influência relevante nas taxas de mortalidade. Ressalta-se a necessidade do trabalho conjunto de diversos setores para a diminuição das taxas de mortalidade.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Marjorie Ester Dias Maciel 23-10-2021 18:12:08

O tema do trabalho é muito relevante. Pois, como as próprias autoras citaram, esses índices refletem o nível de desenvolvimento do país e as peculiaridades loco-regionais. Eu apenas sugeriria para que a leitura do artigo ficasse menos densa que as autoras inserissem gráficos para ficar uma boa apresentação visual dos dados.

Foto do Usuário Ana Paula De Lima Bezerra 26-10-2021 13:57:45

Trabalho muito interessante! De fato a mortalidade materno infantil compreende uma taxa sensível que é afetada por fatores locais, disparidades socieconômicas e acesso aos serviços.

Ótimo trabalho, muito importante e interessante, achei ele muito completo pois trás os dados dos óbitos e das regiões mas além disso trás também as causas mais frequentes possibilitando a intervenção para tentar reduzir cada vez mais esses números.

Foto do Usuário Maria Inês Lopa Ruivo 11-11-2021 14:21:06

Artigo excelente, expondo bem as diferenças entre as regiões!

Foto do Usuário Lorenna Medeiros Toscano De Brito 11-11-2021 14:28:48

Abordagem de extrema relevância! Parabéns! Muito bom! Gostei da inclusão da Região nordeste no campo de atuação da pesquisa.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.