CUIDADO EM SAÚDE MENTAL NO PROGRAMA MAIS MÉDICOS: OLHARES ESTRANGEIROS

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Políticas Públicas de Saúde

Acessos neste artigo: 9


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Josenaide Engracia Dos Santos , Wildo Navegantes De Araujo , Rozemere Cardoso De Souza , Vanessa Resende Nogueira Cruvinel , Pedro Emanuel Do Nascimento Fernandes

ABSTRACT
Uma diversidade de sofrimentos mentais tem como porta de entrada a atenção primária. Trata-se de transtornos mentais variados, caracterizados como síndrome inespecífica, ansiedade, depressão, problemas psicossomáticos e uso excessivo de psicotrópicos. Esta investigação toma como ponto de referência a perspectiva dos médicos e de participantes da pesquisa do Programa Mais Médicos (PMM), partindo das concepções e dos modos de ação/intervenção de saúde mental na atenção primária. A entrevista semiestruturada foi realizada no período de fevereiro a maio de 2017. Após a análise minuciosa por meio do mapa de Associação de Ideias, os resultados apontam que os médicos intercambistas estão preparados para manejar as situações relacionadas ao sofrimento mental e interpretarem esse sofrimento a partir das dimensões históricas e sociais, articulando a família, cultura e sociedade. Ainda, incorporam a dimensão social à prática médica, de forma a ampliar a dimensão das práticas de cuidado, com foco comunitário e articulação de rede. Vislumbramos uma mudança na direção do cuidado saindo de práticas centradas no modelo biomédico, para valorização dos sentidos da saúde psíquica e social que produzem ampliação das relações sociais do sujeito.
Palavras-chave: Atenção primária a saúde. Saúde mental. Médicos.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Liliane De Jesus Bittencourt 09-02-2021 12:50:35

O artigo tem potencial, pelo tema e abordagem metodológica, mas pecou na apresentação dos resultados, que pudesse permitir uma compreensão melhor do que foi alcançado, relacionando com a discussão. Além disso, tem erros de formatação, de construção do texto e de formato para citação de referências no texto.

Foto do Usuário Lucía Belén Pérez 09-02-2021 12:50:35

O artigo aborda um tema relevante e atual. No entanto, a abordagem realizada é muito breve e deixa de lado muitas informações. Seria interessante revisar a redação do mesmo e incluir perspectivas para continuar trabalhando nessa mesma linha.

Foto do Usuário Sabrina Alaide Amorim Alves 09-02-2021 12:50:35

Tema relevante e pertinente. Sublinho algumas sugestões, reescrever o objetivo, julgo confuso, poderia ampliar a discussão trazendo estudo que corroboram ou discordam dos resultados encontrados.

Foto do Usuário Fernanda Gonçalves De Souza 09-02-2021 12:50:35

Ótimo artigo, leitura de fácil compreensão que apresenta seus resultados de forma prática e concisa.

Foto do Usuário Roseany Patrícia Silva Rocha 09-02-2021 12:50:35

O tema tem grande relevância , foi muito bem abordado, a metodologia foi apresentada de forma bastante detalhada. Resultados e discussão coerentes, texto bem escrito. Artigo aprovado.

Foto do Usuário Maria Juliana Da Silva Rocha 09-02-2021 12:50:35

Tema muito rico, pois devemos tratar desse grupo com bastante delicadeza e cuidado.

Foto do Usuário Manuela Bastos Alves 09-02-2021 12:50:35

O tema é atual e relevante uma vez que a atenção primária se caracteriza como a porta de entrada para muitas pessoas com sofrimentos mentais. O objetivo apresenta-se de forma não tão delineada mas no decorrer do texto os resultados estão concisos. Seria mais indicado adequar o objetivo aos resultados descritos.

Foto do Usuário Bianca Suaid Soares 09-02-2021 12:50:35

O artigo é muito relevante e atual, porém o assunto poderia ser mais explorado.

Foto do Usuário Joana Degasperi Diniz 09-02-2021 12:50:35

O artigo retrata um tema bem pertinente na atualidade. Entretanto, há erros na formatação e aconselho abordar o objetivo de uma maneira mais clara, além de expandir os dados sobre o assunto.

Foto do Usuário Amanda Vivacqua Figueiredo 09-02-2021 12:50:35

Assunto muito importante para ser abordado, visto que não é muito comum que homens busquem a rede de atenção básica.

Foto do Usuário Josenaide Engracia Dos Santos 09-02-2021 12:50:35

Experiencia do mais médicos é sempre relevante para pensar estratégias colaborativas

Foto do Usuário ícaro Ferreira Da Silva 09-02-2021 12:50:35

Trabalho apresenta discussão relevante. Leitura fluída e texto coeso. Objetivo pode ser delimitado de maneira mais específica. Método bem descrito adequado ao objetivo do trabalho. Resultados e discussão bem descritos e concisos. Excelente trabalho!